segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

Nota sobre racismo sofrido pela secretária Olívia Santana

Notícias

05/02/2018 09:00


Durante a realização de um evento no último sábado (03), em um hotel de Salvador, a secretária Estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte da Bahia (Setre), Olívia Santana, foi vítima de racismo e discriminação. A titular da Secretaria de Políticas para as Mulheres a Bahia (SPM-BA), Julieta Palmeira, emitiu declaração sobre o acontecido. Abaixo, nota na íntegra:

Não ao racismo e a discriminação

Toda solidariedade à secretária do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte do Estado da Bahia, Olívia Santana, que foi agredida com racismo, discriminação de classe e preconceito político, por participante de um evento neste sábado (3), em um hotel em Salvador, quando exercia a sua função de secretária.

Mulher, negra e comunista, Olívia representa a luta e a resistência contra o racismo estrutural e todo tipo de discriminação e preconceito. Os acontecimentos tornam ainda mais visível o cotidiano da população negra em Salvador, cidade mais negra fora da África.

Em tempos de subtração da democracia e obscurantismo, a elite se desnuda, revelando a sua mesquinhez, intolerância e até ódio de classe e descompasso com o avanço civilizatório. Que se cumpra a lei. O racismo é crime hediondo e inafiançável, mas precisamos estar unidos para superar o racismo estrutural que atinge a população negra e, principalmente, para que esses brasileiros e brasileiras sejam cidadãos e cidadãs que possam ter a oportunidade de desenvolver suas potencialidades e construir os seus sonhos num país aonde se cultua a liberdade e a democracia.

Julieta Palmeira
Secretária de Políticas para Mulheres do Estado da Bahia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Av. João Fraga Brandão, 125, Peru, Jacobina/BA.
CNPJ: 13.228.077/0001-65

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Total de visualizações (+32.261)

Receba novidades por e-mail!

Entre em nosso Grupo no Whatsapp